Avançar para o conteúdo

Poética e Técnica de Carolina Rocha

  • por
A poética de Carolina está relacionada com o processo, aquilo que acontece no atelier, com o acidente, interessando-se não controlar completamente o desenvolvimento do trabalho e dar espaço à matéria, à tinta, para se manifestar na horizontalidade da superfície.

Para além disso, ela se interessa o tempo como algo que contribui para a construção da pintura. Numa perspetiva mais prática, geralmente divide o trabalho em duas partes, perfeitamente distintas embora interligadas, a primeira é feita por ela e está relacionada com a criação de um contentor para receber a tinta e a segunda é feita, de uma forma controlada, pela tinta e o modo como ela se manifesta durante o tempo de secagem. 
Para Carolina, as grandes dimensões das telas quando nos aproximamos delas, se apresentam como um abraço ao expectador.

Obras

  • Carolina Rocha – Levantar #4

    Carolina Rocha – Levantar #4

    Levantar #4, 2017. 120×140 cm. Tinta de membrana plástica sobre madeira. No quadro, a combinação de cores rosadas, azuis acinzentados e branco. No canto esquerdo o rosado se manifesta de maneira mais intensa e texturizada, formando ondulações pelo acumulo da tinta do canto esquerdo superior, descendo para o canto esquerdo inferior. No centro da tela… Ler mais »Carolina Rocha – Levantar #4

    Saiba mais

  • Carolina Rocha – Levantar #1

    Carolina Rocha – Levantar #1

    Obra Levantar #1, 2017. 140×160 cm. Tinta de membrana plástica sobre madeira. Carolina geralmente utiliza-se do preto, branco e as cores primárias, para a partir daí criar as outras cores. Interessa-se pelo processo de mistura das tintas pois elas surgem de situações inesperadas que podem contribuir para o desenvolvimento do trabalho.No quadro, a combinação das… Ler mais »Carolina Rocha – Levantar #1

    Saiba mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Skip to content